segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Antes do Mr. Tuffy

O pessoal de Criciúma, que está organizando o Audax do Carvão, prova de 300km a ser realizada no próximo fim de semana comentou que não ir de Mr. Tuffy na prova que eles estão organizando é dar uma demonstração de masoquismo. Uns 2 anos atrás publiquei aqui no blog algumas dicas para quem está começando na modalidade, acho que usar ou não esse acessório poderia ser enquadrado nessa categoria.

Em 2005 durante uma prova de 200 km realizada em Porto Alegre eu consegui a façanha de furar 4 pneus nos últimos 60km e como tinha apenas 2 câmeras reservas ao furar o pneu pela terceira vez tive que "abrir" uma borracharia na beira da BR290. A foto foi tirada pelo pessoal do INEMA que em 2004 e 2005 prestigiava as nossas provas.

Eu furar pneus durante o Audax já fazia parte da tradição da prova :-), o recorde foram 5 furos durante o 400 de 2006. À partir daquela prova comecei a utilizar o Mr. Tuffy e só fui ter novamente problemas com pneus em 2009 na prova de Ijuí. Mas daí os problemas foram outros.

Tem gente que acha que por causa do acréscimo de peso(195gramas) o Mr. Tuffy deixa de ser interessante, outros dizem que ele pode causar problemas se mal colocado. Eu nunca tive problemas desse tipo, além do que, 195 gramas a mais não vão mudar o meu resultado final, afinal de contas a minha bicicleta descarregada já pesa 16,5 kg. :-(

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Audax 6 anos - Os Farrapos

O ponto culminante dos 6 anos de história do Audax no RS foi a prova de 1000km realizada no fim do mês de julho. Dos 17 farrapos que completaram a prova apenas 4 pedalam desde o primeiro ano e 3 pedalaram só no ano de 2009.

O que fica claro é que esse pessoal se puxou esse ano, pois o número de provas acumuladas por eles foi quase o dobro que eles pedalaram em 2008. Alguns veteranos em provas de Audax ficaram pelo caminho durante o brevet de 1000km, principalmente por problemas mecânicos

Esses números são apenas referenciais, pois não posso garantir que esses dados reflitam a realidade desses 6 anos. Numa primeira análise já percebi que deva faltar uma prova da Lidiane nos meus arquivos, pois ela não tem nenhum 200 registrado em 2009.

Na medida do possível vou continuar tentando acertar eses números.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Audax 6 anos - tempo médio por prova e cidade

Essa tal de estatística não tem fim, se quiser tenho postagens por uns 3 meses só trabalhando com os tempos das provas.

A postagem de hoje mostra o tempo médio de cada prova realizada no RS até hoje. A forma de demonstrar esses números é que ficou meio confusa, mas não consegui pensar em nada melhor que pudesse deixar isso mais claro.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Audax 6 anos - Extrato individual

Enquanto reorganizo o meu banco de dados para que ele aceite as provas da UAF e os desafios, segue o "extrato" do Graxa. O Graxa, é na minha opinião, o ciclista que melhor representa o espírito do Audax, pois apesar de pedalar muito bem, jamais deixa alguém para trás, tendo inclusive em algumas oportunidades voltado para auxiliar alguma "alma necessitada".

Pelos meus controles, só no RS ele pedalou 39 provas de Audax Randonnée, totalizando 11.700km em mais de 624 horas de pedal!!!

Assim que os meus arquivos estiverem ok esse extrato poderá ser tirado para qualquer ciclista que já tenha pedalado alguma prova no RS.

domingo, 23 de agosto de 2009

Audax 100 km Santa Maria

Foi publicado a pouco no blog da prova de Santa Maria o nome dos 97 ciclistas que brevetaram a prova realizada no dia de hoje.

Numa análise preliminar cerca de 50% dos ciclistas que concluiram a prova são novos na modalidade, entre eles se "misturaram" ciclistas que foram ao PBP e que pedalaram o Audax 100 dos Farrapos relaizado a poucos dias.

Essas provas em pelotão são regidas pelas regras da Union des Audax Français (UAF), até hoje apenas Santa Cruz do Sul havia organizado provas desse tipo, Santa Maria é a segunda cidade brasileira a fazer isso.

Pretendo durante a próxima semana incluir essa prova nas minhas estatísticas, bem como o Fleche Veloce organizado no mês de abril.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Audax 6 anos - tempos médios por prova


A planilha acima faz exatamente o que o título da postagem afirma :-), ou seja, calcula o tempo médio que cada uma das provas em cada um dos anos levou para ser percorrida.

Tem 2 informações erradas nos meus arquivos. A primeira delas são os tempos da prova de 400km de 2005 que nunca teve os seus tempos publicados e que arbitrei como sendo 24 horas. A prova de Pelotas de 2007, incluída ontem nas minhas estatísticas, também não teve os tempos publicados, nesse caso arbitrei 12 horas.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Homologações 2009 - Antes tarde do que nunca

Até que enfim recebemos notícias das homologações de 2009! O Faccin acaba de receber o selos da nossa prova realizada no já longínquo mês de abril. Devo receber os selos no início da semana que vem e assim que tiver eles em mãos, pretendo enviá-los para o endereço indicado na inscrição da prova.

Das homologações de 2008 nem sinal!!

Obrigado ao Dênis que correu um bocado para conseguir essas homologações a ao Faccin, o eterno mala de plantão que com sua insistência fez isso acontecer.

Isso não deveria ser tão difícil, aliás, se todos fizessem a sua parte isso seria muuito fácil.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

As tabelas abaixo mostram a quilometragem pedalada à partir das cidades que organizaram provas. O primeiro quadro mostra a informação de forma sintética, enquanto que o segundo mostra essa informação aberta por cidade e ano. Essas tabelas já contemplam a correção feita a partir da observação do Faccin, na qual ele constatou que um 300 de 2009 organizado em SCS estava fora das estatísticas.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Audax 6 anos - "corressões"

Como era esperado algumas das informações postadas tinham erro! O Faccin me passou uma relação de ciclistas que fizeram um 300 em janeiro de 2009 em Santa Cruz do Sul e que não estavam contabilizados nos meus controles.

Segue abaixo as planilhas referentes as provas por cidades corrigidas.


Audax 6 anos - Quilometragem pedalada

O ano de 2009 foi o recordista em quilometragem pedalada aqui no RS, no total foram mais de 185 mil km. Tirando os ano de 2004, que foi quando a modalidade estrou no RS e 2007 quando só 3 organizadores se dispuseram a "bancar" a modalidade, nunca pedalamos menos de 140 mil km anuais.

O gráfico totaliza por ano e prova a quilometragem pedalada, para exemplificar, no ano de 2009 foram mais de 94 mil km pedalados em provas de 200km.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Audax 6 anos - Cidades que organizaram eventos

Na primeira tabela temos o número de brevetados por ano / cidade. Percebe-se claramente que o número de cidades que organizam provas (ainda) é pequeno. Ao longo desses 6 anos apenas 5 cidades organizaram provas válidas para o calendário do ACP, nessa lista as provas que largaram de Eldorado do Sul são computadas para Porto Alegre, pois são organizadas por entidades porto-alegrenses que se utilizam dessa cidade para fugir um pouco da violência que pode ocorrer perto da Ponte do Rio Guaíba.



Na segunda tabela a informação da tabela anterior é mostrada de outra maneira, agrupei as informações por cidade / ano. Assim podemos ver a participação de cada cidade ao longo desses 6 anos e qual o tipo de prova que cada uma organiza. O Faccin este ano optou por não organizar o seu 200, para organizar eventos mais longos. SCS foi "salva" pela prova que o Valim organizou no fim do ano passado que valeu para 2009.



As legendas referem-se a Lajeado(LAJ), Ijuí, Porto Alegre(POA), Caxias do Sul(CXS) e Santa Cruz do Sul(SCS).

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Audax 6 anos - Números totais

Com o auxílio do Bill Gates segue abaixo uma cópia de uma planilha Excel com o resumo das provas do RS desde 2004, nele faltam as provas de Pelotas de 2007 (que acho eu não era oficial) e o um 300 de 2009.

Em cada interseção da tabela é mostrado o número de ciclists que concluiram aquela prova num determinado ano, para exemplificar em 2009 foram 471 brevets de 200 km.

Numa análise superficial nota-se que nos últimos 2 anos o número de brevetados aumentou de forma significativa, superando inclusive os números de 2005 e 2006.

Tem um outro detalhe que chama bastante atenção, é o crescimento do número de ciclistas nas provas maiores. Em 2009 registramos o maior número de brevetados nos 400 e 600km nos 6 anos do Audax Randounee no RS.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Audax - 6 anos pedalando pelo Rio Grande

O Audax no RS chegou ao fim de sua 6a. temporada coroado de um êxito que os idealizadores dessa modalidade aqui no estado jamais poderiam imaginar. No início o Lucca, o Guazzeli e o Faccin encabeçaram essa cruzada que até hoje insiste em cruzar as serras, colinas e campos do Rio Grande do Sul não se importando com a chuva que molha a alma, o frio que "rengueia os cusco", o calor que derrete o asfalto e nem com o vento minuano que gela até a alma.

Nas próximas postagens pretendo mostrar como essa modalidade se tornou sucesso desde a primeira edição, para 3 anos depois encolher perigosamente para logo depois, em 2008 e 2009, se solidificar como um evento que tem tudo para fazer parte do cotidiano dos gaúchos.

Todos os números que serão mostrados foram coletados de sites, blogs ou foram cedidos gentilmente pelos organizadores das provas. Nesse grande apanhado falta apenas o 300km organizado pelo Clube Audax Porto Alegre em 2009, que não publicou esses dados em nenhum local, por isso se alguém tiver essas informações peço gentilmente que me repasse via email.

Para iniciar essa série de postagens cito apenas alguns números:
1.204 ciclistas cruzaram a linha de chegada por 3.209 vezes, tendo sido pedalados até agora a bagatela de 800.600 km, ou seja, o equivalente a 20 voltas ao redor da terra.

Prometo pelo menos 2 postagens por semana até o material ser todo publicado.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Audax 1000 - O viking verde-amarelo

Abaixo tem um vídeo mostrando a chegada do último "farrapo" do Audax 1000. O ciclista em questão é o meu amigo, e amigo de todos que fazem Audax, Mogens Nielsen. O seu brado de guerra, acredito eu, remonte a um passado muito remoto quando os vikings cruzavam a noite aterrorizando seus inimigos. :-)



Durante o último Audax 400 ele completou 60 anos, se bem que o seu espírito viking, já que ele é dinamarquês de nascimento e brasileiro por opção, não permite que a alma envelheça. E é essa alma, esse espírito jovem que lhe permite fazer coisas que poucos "guris" se arriscam a fazer. É claro que, como todo guri ele nos apronta de vez em quando, pois por 2 vezes o Mogens ficou hospitalizado após provas de Audax.

Da primeira vez, num 300 de 2006, ele caiu a menos de 100 metros da chegada sofrendo na ocasião um deslocamento da bacia, esse acidente lhe custou umas quantas semanas de internação em Porto Alegre. O segundo grande susto foi no ano passado quando ele "saiu da estrada" durante uma prova em Curitiba, dessa vez umas costelas quebradas deixaram ele num hospital paranaense por alguns dias.

Conheci o Mogens durante o primeiro Audax 200 de Lajeado em 2006, pois ele junto com o Glademir vieram pedalando de Ijuí até Lajeado. Aquelas 2 figuras impagáveis chegando de bicicleta para pedalar um 200 quase se igualaram ao Udo, o nosso Forrest Gump tupiniquim, dando a nossa prova um colorido especial.

A paixão pelo ciclismo foi tão grande que não coube dentro dele, dali surgiu o embrião que hoje é o Ijui Bikers, hoje tão bem conduzido por outro amigo, o Marcos. Já em 2007 ocorreu o primeiro Audax 200 de Ijuí, prova que me orgulho de ter me inscrito nas suas 3 edições e completado a prova por 2 vezes. A prova de Ijuí é uma prova que surgiu tímida, mas que hoje é uma ótima referência para toda a região oeste do estado do RS e na última edição teve mais de 80 inscritos.

Durante todo o sábado estávamos preocupados com a possibilidade dele não conseguir chegar dentro do tempo, pois estava "lambendo" os tempos de fechamento dos Pc's, mas a chegada da noite lhe fez muito bem, possibilitando que a chegada fosse dentro do prazo estabelecido.

A chegada foi emocionante, pois estava sendo acompanhado pelo Erich, que foi seu anjo da guarda desde General Câmara e pelo Miguel, anjo da guarda, diretor de prova, mecânico, conselheiro,... de todos os inscritos no Brevet dos Farrapos. Em frente ao Hotel estavam menos de 10 pessoas entre voluntários e ciclistas que completaram, ou não, os 1000km sendo que a emoção tomou conta de todos nós, pois naquele momento um amigo completava a maior prova de ciclismo realizada de forma contínua no Brasil, coisa inimaginável a poucos anos atrás.

Quando, daqui a alguns anos, for contada a história do ciclismo de longa distância no Brasil o evento que se encerrou ontem pela manhã terá um lugar muito especial. E nessa história não estará só o Mogens, pois estarão junto a ele o Pexe, o Saul, o Cicero, o Luiz Faccin, o Rodrigo, o Bughera, o Udo, o Rubens, o Rogério Bernardes, o Edson, o Isac, o Dacivaldo, o Luís Lazary, o Jonas, a Lidiane e o Jeferson.

Os meus sinceros parabéns a eles, deixando claro que nesse cumprimento tem um ponta (grande) de inveja.

Sobre o Luiz Faccin, ciclista, organizador e super-randonneur eu escrevo outra hora, pois o cidadão é um capítulo à parte. ;-)

domingo, 2 de agosto de 2009

Audax 1000 - O PC7

O PC7 era quase no fim da prova, o problema que o pessoal chegava lá "esbudegado", pois ele se localizava no km 910 da prova. Por isso o pessoal que montou o PC caprichou.

Conseguiram um caminhão, puxaram luz, conseguiram um forno um botijão de gás e acolheram todos que passaram por lá com uma deliciosa sopa. Tinha até beliches para o pessoal descansar.

Dêem uma olhada no vídeo abaixo, gravado ontém à noite por volta das 20:30. Vale destacar a presença do Rolf (ele é o voluntário que está de pé), pois até esses dias ele estava inscrito na prova, mas como teve uma lesão resolveu trabalhar como voluntário.

Audax 1000 - Fotos

Tirei algumas fotos na prova. Serve como aperitivo até o Miguel disponibilizar suas fotos.Na foto acima o Mogens está ao lado da Érika, "farrapa" que ficou pelo caminho, mas que promete voltar.

Audax 1000 - Prova encerrada

As 5:05 da manhã foi encerrado o Audax 1000 de SCS. Todos os 17 ciclistas que constam na postagem anterior completaram!!

Entre tantas coisas legais que vi nas últimas 22 horas vale a pena ressaltar algumas:
- A Lidiane: primeira mulher brasileira a completar uma prova de 1000km.
- Mogens: No ano em que comemorou o seu 60. aniversário ele conseguiu mostar para a gurizada que idade não é limite para se ir tão longe pedalando.
- Miguel Lawisch: O eterno voluntário das provas de SCS. Sem ele aquele povo não é ninguém!! :-) Ele é o voluntário que qquer organizador precisa.

Por hora é só isso. As 11 da manhã tem a premiação aos "Farrapos" que completaram a prova.

À noite posto umas fotos. No blog do Audax SCS deve ser colocada alguma coisa durante o dia.

Obrigado à Ninki que colocou notícias sobre a prova no Blog da Sociedade Audax.

Agora a cama me chama.

sábado, 1 de agosto de 2009

Audax 1000 - Passando por SCS

A lista abaixo foi retirada do site Santa Ciclismo que replicou informações passadas pelo Luiz Faccin por volta do meio-dia. Naquele momento esses eram os ciclistas que continuavam na prova.

Jair Melo Pinto
Saul Alexandre Rodrigues
Cicero Ramos
Luiz Maganini Faccin
Rodrigo Antonio Cortese
Claiton Ketzer
Udo Carlos Weissenstein
Rubens Pinheiro Gandolfi
Rogério Bernardes
Edson Behenck Alves
Isac Chedid Saud Filho
Dacivaldo Silva Matos
Luís Roberto Velho Lazary
Jonas Ruschel
Lidiane Tamara Lauermann
Mogens Nielsen
Jeferson Emiliano De Oliveira

A poucos instantes passei pelo Hotel Antonius em SCS e a princípio nenhum desses "bravos farrapos" desistiu da peleia. Os últimos a saírem de lá uns 15 minutos atrás foram o Mogens e o Isac, cerca de meia-hora antes sairam o Dacivaldo, o Jonas, O Lazary e a Lidiane. Um pouco mais a frente identifiquei o Rubens Gandolfi e o Edson Behenck Alves.

O Graxa abandonou na primeira perna da prova por problemas na roda, o Trevisan depois de uma queda sem maiores consequências também desistiu da prova. Os meus amigos "catarinas" Maico e Rogério abandonaram por causa do frio e da chuva que estava prevista.

O Graxa e o brasiliense Osvaldo estão ajudando o Miguel como voluntários e estão "fechando" a prova, o Erich (PBP 2007) se juntará a eles na última noite do primeiro brevet 1000km da América do Sul.

Esse post só foi possível pela colaboração do Giovani Faccin que me cedeu o computador na Faccin Bicicletas.

Boa sorte a todos e que eles tenham força para irem até o fim.

A Ninki me disse que iria entrar em contato com o Hotel para postar mais informações sobre a prova, por isso dêem uma passada no blog da Sociedade Audax.

Audax 1000 - Passando por Lajeado

Saí de Lajeado e fui em direção a Encantado e no caminho, logo na saída, encontrei o Lazary acompanhado por um outro ciclista não identificado. Mais adiante encontrei a Lidiane, ciclista de Candelária e umas das 3 mulheres da prova. Uns 3 km antes do pedágio de Encantado encontrei o Mogens Nielsen e parei para conversar um pouco. Segundo ele, houve muitas desistências, ele me falou que dos 31 que largaram houve 17 desistências ou sobraram 17 na prova, eu não entendi direito.

A boa notícia é que todos que estão na prova estão em condições de terminá-la. O Mogens, que era o último, estava a cerca de 70 km de SCS e a perna final da prova é composta de mais 178 km, ou seja, ele tinha quase 20 horas para fazer pouco mais de 250km.

Todos os ciclistas tem que estar de volta a SCS de General Câmara até as 6:30 de amanhã.

Pretendo voltar para a estrada e tirar umas fotos.