quinta-feira, 19 de março de 2009

Oi.

Uma semana trabalhando no post e me dei por vencido. Batatas fritas pro Google Maps.

Depois dos vídeos do tour aéreo e da foto panorâmica do trajeto chegou a vez do mapa interativo :-) Estamos cada vez mais próximos do Demo Final do Audax do Vale, completo e totalmente jogável: o KML do Google Earth.

Ano passado tentei colocar o trajeto do nosso Audax no Google Maps (GM), usando como base o mapeamento por GPS do Ney Francisco Ferreira.

Foi um fiasco.

O GM não tem o mesmo comportamento do Google Earth, principalmente no que diz respeito à quantidade de dados que pode mostrar numa única tela. Se começarmos a marcar e desenhar demais, a partir de um determinado ponto os dados inseridos são divididos em "páginas". Significa que quando estamos em uma determinada página, os dados das páginas anteriores e das próximas não são mostrados. Isso é péssimo, estraga toda a noção do conjunto. Os grandes vilões dessa limitação no GM são os trajetos, pois quanto mais precisos forem, mais pontos precisarão para serem representados.

Demorou um ano, mas encontrei uma forma automática para reduzir a complexidade de um trajeto de modo a ficar adequado ao GM :-D

O GPS TrackMaker (GTM) tem uma ferramenta que serve a esse propósito. Desafortunadamente, mesmo com o trajeto simplificado, a quantidade de dados dele e das áreas sombreadas dos municípios percorridos no Audax exigiu 2 páginas. Metade dos polígonos dos municípios ficou na segunda página.

Arrasado, simplifiquei mais ainda o trajeto. Chegou a ficar grotesco em alguns pontos, nada parecido com o que eu tinha no Google Earth: traços cuidadosos sobre o lado direito da rodovia, representando fielmente o percurso do ciclista em cada curva, entrada e retorno. Mesmo assim não foi suficiente! Quase entrei em depressão... :´(

Não foi sem alguma tristeza :-p que me forcei a deixar apenas as áreas dos quatro municípios onde se localizam os PC's: Lajeado, Tabaí, Venâncio Aires e Encantado.

Resultado:


Dicas de uso:
  • cliquem com o mouse nos pontos, nas linhas e nas áreas para obterem mais informações;
  • cliquem e arrastem a imagem para mover o mapa, ou usem as setas de navegação;
  • cliquem duas vezes na imagem com o botão esquerdo ou direito do mouse ou usem o '+' e o '-' para alterar o zoom: zoom alto, visão mais próxima, zoom baixo, visão mais afastada;
  • a imagem está no modo "foto de satélite" [Sat]. Clicando em [Mapa] ele muda a aparência para um mapa estilizado tipo mapa urbano, com o nome das ruas e tal. Especialmente útil num zoom elevado;
  • clicando em [Sat] aparece uma caixa de seleção que permite mostrar os nomes das localidades e, sobre a foto, também o traçado das ruas com seus nomes;
  • o modo [Ter] parece o modo [Mapa], mas prioriza as caracterísitcas do terreno, com suas curvas de nível num zoom elevado e o desenho das elevações num zoom baixo;
  • logo abaixo da imagem existem 3 links que abrem o mapa no Google Maps direto no modo indicado. Há vantagens em navegar por lá. Além de haver mais ferramentas e informações disponíveis, a área de visualização é bem maior. No GM é possível alterar o zoom usando o scroll do mouse.

0 comentários:

Postar um comentário