sexta-feira, 6 de junho de 2008

O fim do Zorro!

No seu relato o Omar se refere várias vezes aos seus parceiros de pedalada, Zappe e Guaraci, que desistiram da prova para lhe dar apoio. A escolha da parceria não poderia ter sido melhor, pois além de terem deixado a prova de lado, as atividades profissionais de cada um vão facilitar as atitudes que ele está tomando para resolver de vez o problema desses ataques. O Guaraci é advogado e o Zappe é o Capitão comandante da PRE no Vale do Taquari, sem o seu apoio as provas de SCS e Lajeado não seriam o que são. Quem já pedalou por aqui, sabe do que estou falando.

No seriado que animou a infância de muitos quarentões que hoje fazem Audax, o Zorro sempre escapava do Sargento Garcia. Mas o Zorro daqui não teve tanta sorte, pois o nosso Capitão é muito melhor do que aquele sargento do Exército Mexicano.

Segue abaixo o email que o Zappe enviou ao nosso grupo.

******

Foi descoberta a verdadeira identidade do ZORRO o qual chama-se de fato "PILOTO".

Na data de ontem, no exercíco de minha função de Policial Militar, com atribuição de executar as atividades de Policiamento Rodoviário, desloquei até a casa do " Acusado" tendo então feito contato com o dono do Animal que na verdade é o responsável por ele, por possuir ao contrário do animal a virtude da " Razão " que foi conferida somente aos homens, por isso deve responder pelos prejuizos causados pelo seu cão .

O que foi feito :

Lavrei uma ocorrência policial quailificando o dono do PILOTO como acusado pela contravenção penal descrita no art 31 " Omitir cautela na guarda ou condução de animais" combinando com o crime de dano, decorrente dos estragos causados na biciclata do Omar por conta da queda .

O que vai acontecer daqui para frente ?

A corrência ficará a cargo da Polícia Civil de Passo do Sobrado que deverá chamar o " acusado ", o dono do Cachorro, para prestar inforamações, o procedimento chama-se termo circuntanciado, que após feitas as diligências necessárias será encerrado e enviado ao poder judiciário para julgamento, sendo a pena de 10 dias a 06 meses pelo qual será oferecida ao acusado a transação penal ou prestação de serviços comunitários .

Qual o fim do PILOTO?

Segundo seu dono vai dar cabo no bicho, até queria que eu fizesse isso com a minha arma, mas disse que não, que o animal era responsabilidade dele e que ele fizesse o que achasse melhor .

4 comentários:

6 de jun de 2008 13:26:00
Karol Hoffmann disse...

Sempre tive a opinião de que os cães são o que seus donos ensinam a eles, e consequentemente o que estes mesmos são.
Claro, não concordo que um cachorro como esse continue solto por ai podendo causar diversos riscos as pessoas que por ali trafegam, como ocorreu durante o Audax 300, mas também não concordo "que se de cabo no bicho", poxa é um ser vivo como todos nós, ta certo que ele é um pouco sacana.
Mas existem tantas formas de resolver problemas, se eu tivesse como, pegaria para mim e com certeza faria ele perder essa "fobia" de ciclistas!
Apenas prestando uma opinião.
Ótimo começo de final de semana a todos =D.

6 de jun de 2008 13:45:00
magliarosa disse...

O pobre do cachorro na verdade não tem culpa sobre os atos do animal, seu proprietário.

Se acontecer realmente o prometido (o sacrifício), o PILOTO vai pagar o pato pela irresponsabilidade do dito cujo. Espero ao menos que ele (o animal, não o cão) sinta no seu órgão mais sensível (o bolso) as consequências de deixar o PILOTO solto.

Abraço

6 de jun de 2008 14:31:00
Karol Hoffmann disse...

Concordo com você Marcelo, as pessoas sempre aprendem a lição quando o bolso é afetado. Quis poupar em coleira, correntes e cerca. Da nisso!

6 de jun de 2008 20:37:00
Kieling disse...

E o pior dessa história que o dono do Piloto, ou Zorro, deve dentro em breve ter um outro cachorro que deve ser educado da mesma forma que o outro foi. Ou seja, o problema pode se repetir num futro próximo.

Kieling

Postar um comentário