terça-feira, 11 de março de 2008

Audax SCS - Chutando o balde!!

No email(quase um livro) abaixo enviado so grupo Audaxbr o Faccin chuta o balde em virtude de alguns acontecimentos do Audax de SCS realizado no fim de semana passado.

Gostando ou não, o Faccin é assim mesmo, não manda recado e acaba respingando para todo mundo. Eu, como organizador de 3 provas (2 200 e 1 400), concordo com boa parte do que ele escreveu e assim que sobrar um tempo, darei a minha opinião pessoal sobre o assunto.

Conhecendo bem o "gringo", e tendo falado pessoalmente com ele ontem, acho melhor deixar tudo quieto por uns dias que depois tudo volta ao normal. :-)

Se você participou da prova e tem alguma coisa para dizer, críticas ou elogios, mande um email para ele no luizmfaccin @ yahoo.com.br .

*************

Oi Jorge e demais!

1- desculpa por ter trocado os grupos e enviado para o Audaxbr um e-mail que deveria ser enviado para outro- E-mail referente ao dia da mulher!!

2- Neste audax acrescentei algumas regalias a mais aos ciclistas e praticamente todas só trouxeram mais dor de cabeça para o organização

alguns exemplo
a-Fiz uma medalha para entregar ao ciclista que não por um motivo ou outro não completasse os 200 km. A minha intenção era homenagear tb aquele que tentou, que tambem se esforçou, mas não conseguiu.
Parece que muitos não entendem que quase sempre é preciso ter mais coragem para desistir do que para continuar pedalando um Audax.
Um ciclista reclamou que alguns não queriam subir ao palco para receber a medalha que não estavam felizes de ter desistido. Pronto, não entreguei mais medalhas para desistentes e acho que esta medalha sirva só para quem desistir em um 1200! Vou enviar e-mail aos desistentes e, caso algum queira, eu envio a medalha por correio já que não sou de desistir e nem de mentir!

b- outro exemplo:
Compreendendo que o pessoal vem de longe para participar do Audax, que trabalha no dia seguinte, e também atendendo a pedidos, eu resolvi fazer a entrega das premiação mais cedo. Premiação em intervalos em horários mais adiantados e não apenas no final da prova.
Já tinha acompanhante de ciclista, que estava participando de Audax a primeira vez, querendo dizer como eu, organizador de 5 provas audax, que faço tudo para dar certo, tenho que fazer para entregar as medalhas e em que ordem. Tudo isto só para que a querida pudesse realizar a fotos dos amigos juntos no palco. Não sabia ela que o palco poderia ser usado para realizar fotos depois.

c- a algum tempo confeccionei 6 placas indicativas de direção para serem usadas nas provas Audax. As placas foram usadas nos principais pontos obedecendo o critério mais basico da orientação: se não tem placa é porque é para seguir em frente.
Para retorno utilizamos, graças ao Joquei Clube de São Jerônimo, um novo local para PC. Um novo local para PC é falar pouco, este é o melhor lugar para PC que temos aqui por perto.
Para isto tivemos que incluir um pequeno trecho de 2,5 km aqui perto de Santa Cruz do Sul, apenas para completar o percurso de forma mais segura.
O Udo fez uma carta de rota perfeita, com as distancias conferidas várias vezes de bike, colorida,...

bastou mudar o percurso em um local,
mesmo com a carta de rota perfeita,
com as explicações que enviei por e-mail,
com as explicações do briefing
com o Valim que estava indicando a direção
teve ciclista que errou o caminho

teve ciclista que não conseguiu encontrar o Joquei Clube de São Jerônimo e não teve capacidade de pedir informação para algum pedestre, morador, e fazer a simples pergunta: Você sabe me dizer onde fica o Joquei Clube?

3- para não ser mal interpretado tenho que afirmar que:
está resposta e estes erros não se referem ao Jorge e não estou citando nomes!

4- A UNISC é um excelente local para realizar a largada e chegada de um Audax, nem preciso dizer o que tem ali, mas tem um defeito. No local de largada existem 2 relógios, um do Banrisul e outro mais ao lado.
Os dois relógios sempre estão com horários errados. E agora? isto deve ser culpa da organização, porque não mandou colocar um relógio do Banrisul a km do trajeto?
O fato é que a largada e chegada foi realizada pelo horário correto e que não correspondia a nenhum dos dois. Em relação ao relógio do Banrisul foram 3 minutos a menos.
O horário de chegada dos ciclistas atrasados foi de 3 minutos após o horário correto, se fosse olhando no relógio do Banrisul seria de 6 minutos de atraso.

Teve ciclista mais antenado que observou o horário de largada na hora que ele foi realizado. O correto é o ciclista observar o relógio do seu ciclo computador na hora da largada e ver se tem diferença.

5-tem muito mais e nem sei se vou conseguir terminar a resposta hoje!

Os ciclistas que chegaram atrasados são ciclistas experientes!
Dois ciclistas chegaram, pedalando rapidamente, faltando apenas 1 minuto para completar o tempo de 13h e 30 minutos.
Os 3 minutos de atraso que aconteceram não foram os 3 ultimos minutos, mas foram 3 minutos de perca de tempo durante as 13h e 30 minutos de duração do Audax.

6- Eu fiquei muito triste em não poder dar o brevet de 200 km para os dois amigos, mas espero que eles entendam.
Três minutos, são 2 minutos a mais do que o limite para se fazer o que é o certo e o que é errado, seguindo o regulamento do Audax.
Foram só 3 minutos, mas foi a diferença entre chegar no horário, ou não.
Eu acho que todos são iguais quando estou organizando um evento e não posso dar previlégios para dois e esquecer os outros 103 que fizeram o maior esforço para chegar no horário, pedalando no mesmo percurso, com o mesmo calor, chuva, vento, e com o mesmo tempo a disposição. Isto é igualdade!

7- eu mesmo já desisti de um Audax e o motivo foi que cheguei atrasado em um PC. Eu tinha 9 horas para fazer 162 km e não estava cansado, mas cheguei atrasado e isto bastava. Eu não quis fazer o que a maior parte faria. Dizer, seu organizador, eu estou pagando, eu sou teu amigo, eu sou isto aquilo, e quero continuar na prova.
Ser organizador de audax nestas horas é terrível, ter que ficar segurando os próprios sentimentos para tentar explicar aos outros o que deveria ser o certo a não o que é melhor no momento.
Acredito e espero que os dois atrasados irão aprender alguma coisa, assim como eu estou aprendendo. Para na proxima prova, lá em Ijui, onde eu também vou estar pedalando, eles devem chegar antes das 13h e 30 minutos e para isto devem estar concentrados no que é preciso fazer para isto e não se preocupando com o relógio do organizador, ou esperando que venha um vento favor para te levar mais rápido nos ultimos 10 minutos na prova.

Algumas decisões eu já tomei para a prova de 300 km
1º é que vou limitar o numero de participantes;
2º posso escolher, ou não aceitar, a inscrição de quem causa problemas nas provas;
3º vou excluir muitos itens extras da organização do evento, para evitar reclamações extras.
outras com certeza..

Continuando o e-mail anterior:

Os tempos do Audax

1-Tenho os tempos de todos os ciclistas e todos os PCs do Audax 200 km de Santa Cruz do Sul. A idéia era enviar hoje para os participantes, mas preciso conferir alguns tempos com as planilhas dos PCs. Por este motivo e para enviar reclamações futuras, vou enviar e divulgar os tempos apenas depois de tudo conferido.
Com a minha motivação lá nas canelas eu acho que isto pode demorar bastante.

2- Um 2002 conversei pessoalmente com o Alexandre, fundador da EMA, Expedição Mata Atlântica, um dos pioneiros das corridas de aventura no Brasil.
Questionei porque ele não divulgava os tempos das equipes nos PCs, já que seria útil para acompanhar a desempenho da equipe e onde ela perdeu posições.
A resposta foi que ela fazia isto, mas o numero de reclamações por minutos, segundo, que não faziam diferença nenhuma no resultado final da prova, era tão grande, que ele foi obrigado não divulgar.
Disse que sabia que as equipes sérias e conscientes, estavam sendo privadas das informações, devido as atitudes das equipes despreparadas, mas que ele como organizador não podia fazer nada quanto a isto.

3- Não sei se devo divulgar os tempos parciais do Audax 200.

4- Antes da participar do Audax, eu participava das corridas de aventura com uma equipe competitiva. Nas corridas de aventura conheci esportistas muito legais e fiz amigos.
No Audax, eu tive e tenho a oportunidade de fazer muito mais amigos que nas competições do passado. Posso pedalar conversando e não tentando se esconder ou vencer o adversário.
No Audax conheci muitas pessoal legais, mas são muitos mesmos, sei consigo contar. No Audax tem muita gente boa;
Para pedalar Audax eu fui até a França, cresci e nunca tinha imaginado isto em outra modalidade.
Infelizmente no Audax, como em todos os lugares, existe uma minoria, mas é minoria mesmo, que não sabe aproveitar as coisas boas do esporte, que é mesquinha e que não assume o que faz, mas tenta encontrar culpado para os próprios erros.

5- A algum tempo eu havia decidido não mais organizar Audax, para poder me dedicar mais a minha vida privada, ou será na privada? Mas não haviam organizadores, e eu, e mais alguns, assumimos o que podíamos e continuei organizando Audax. Fui ainda mais longe, fiz ainda mais, alem do que eu poderia. Agora, depois de batalhar tanto para ver os ciclistas legais pedalando e chegando sorrindo, para ver imagens inesquecíveis e reais. Para ver ciclistas que não pedalavam 15 km, chegando em uma prova de 200 km. Para ver tantas coisa legais que não estavam em nenhum Big Brother,
mas ali na estrada,
no Pc,
na curva,
na madrugada,...

6- Trabalhando no comércio deste os 15 anos, sempre escutei dizer a velha frase:
“O cliente sempre tem razão”
Depois de algum tempo cheguei a conclusão que a frase certa é:
O cliente as vezes tem razão.
Estudando administração de empresas aprendi que:
existem coisa em que vale a pena investir e outras que não!

A- Existem ciclistas que pedalam Audax e que reclamam com razão. Nestes vale a pena investir.
B- Existem ciclistas que acham que são Audaxiosos e sempre reclamam sem razão. Nestes não vale a pena investir, mas infelizmente eles tem a capacidade de inviabilizar investimentos. Preferem mentir para si mesmo para não ver os erros que estão cometendo.

7-
Aprendendo fotografia e observando as pessoas eu descobri que a beleza está nos olhos de quem vê, mas a feiúra também.

Neste audax escutei alguns absurdos e vou e falar apenas alguns
A-Que eu devo estar ganhando comissão o Antonios Hotel.
Na organização do primeiro Audax, atendendo a pedidos dos futuros participantes, eu entrei em contato com os principais hotéis da cidade, mas o que se mostrou mais disposto a fazer café da manhã as 4:30 foi o Antonios.
Alguns ciclistas reclamaram de outros hotéis, mas ninguém reclamou no Antonius.
Agora indico o Antonios e porque eu iria perder o meu tempo procurando outro?
Nunca ganhei e nem pedi um centavo do Hotel, ou de Restaurante.
Paguei a minha janta lá no restaurante no Jantax e tenho a nota fiscal.
A maldade está na cabeça de quem pensa!

Talvez no próximo audax não indique nenhum hotel. Daí cada ciclista sai procurando o seu e perguntando se pode fazer o café da manhã as 4 horas da manhã, etc


B- Neste domingo estava as 4h e 30 minutos da madrugada carregando o bagageiro do ônibus Saionara com placas, banana, água, Cucas, etc para ser usado no Audax.
Trabalhei durante 2 semanas até tarde para organizar tudo:
Exposição de fotos
Lista para Ônibus
Lista para jantax
Premiação
Etc
ETC
ETC
ETC

Durante o Audax tivemos problemas com um veiculo que transportava o numero maior de placas e isto causou um atraso na chegada ao PC-2. Para solucionar o problema, fui antes ao local, conforme o avisado no briefing, e coloquei uma placa ao lado do acostamento. Enquanto buscava as placas no Jóquei clube, eu deixei a minha filha de 12 anos de idade, na beira do asfalto, no sol quente, com a bandeira na mão, para sinalizar, a possível chegada, de um ciclista apressado, que não podia olhar para a carta de rota!!
Era a minha linda filha que estava, lá sinalizando para ciclistas adultos, barbados que não tinham capacidade para ler uma placa!
Até ai nada de mais, a escolha foi minha!

Algum tempo depois estou voltando para o local de chegada e recebo um ligação de um senhor que me xingava sem parar e não me deixava falar.
Algumas coisa que este senhor disse:
Que Audax de merda é este que não tem placas na beira da estrada. Ninguém sabe onde fica o Audax, etc

Audax de merda?
Então a minha filha é de merda?
Então o Udo é de merda? porque fez uma carta de rota que o digno senhor não tem capacidade de olhar?
Então todos os voluntários que estavam trabalhando na prova são de merda?
O serviço destas pessoas vale muito mais do que o valor da inscrição. Elas não estavam lá por dinheiro, mas por que gostam. Quanto vale o esforço do Miguel, o sorriso da Rosane que não pedalou o Audax porque o médico proibiu, mas ela fez questão de ir trabalhar na prova?

Quanto ao valor da inscrição?
Com certeza eu não vou devolver, mas vou pagar para que este cliente nunca mais apareça em uma prova de Audax onde eu esteja!

Recebi mais uma ligação com ofensiva e não atendi as outras.

Sugiro a participação em um esporte mais adequado para as limitações mentais deste participante, Audax é muito complexo!

Não bastasse ainda recebi o e-mail abaixo!

Poderia dar uma resposta mais técnica, demonstrando cada ponto da carta de rota, lembrando o que disse no briefing, enviando uma cópia da carta de rota da Paris Brest Paris, lembrando o regulamento, etc, mas tem pessoas que não vale investir!

O meu sentimento agora é um só!

Não vale a pena!
Não quero isto para mim!

Boa noite!

7 comentários:

11 de mar de 2008 12:09:00
marcelo_montanhista disse...

tomara que o ciclista que ficou reclamando não participe mesmo de mais nenhum audax. Não fará falta alguma.

11 de mar de 2008 15:00:00
Bertelli disse...

Caro Faccin:
Este foi o terceiro AUDAX 200 que participo efetivamente (em um outro 200, em 2005 participei somente para sentir o clima). Com exceção do AUDAX 200 "experimental" de 2005 finalizei todos os demais e posso afirmar que a organização do Audax SCS200/ 2008 estava impecável e as cucas do PC100 absolutamente fantásticas. Louvo muito a atitude e a bravura de quem se dispõem a organizar um AUDAX e espero que a minoria (eternamente?) descontente não o desmotive para futuras empreitadas. Meu apoio incondicional.
Mauro S. B. Bertelli - participante da comissão organizadora do AUDAX 200/ 2008 de Caxias do Sul.

11 de mar de 2008 16:52:00
Anônimo disse...

Dou total apoio ao Faccin. Adorei o evento e já mandei um e-mail para ele parabenizando-o.
Grato
Prof. Janriê Rodrigues Reck - Unisc

11 de mar de 2008 20:08:00
Raul disse...

Eu me perdi no começo da prova, entrei no pórtico, ao invés de entrar para o Country Club e não foi culpa da organização. FOI CULPA MINHA. E desisti do audax aos 130 km e QUERO A MINHA MEDALHA DE DESISTENTE sim senhor! Gostei muito desse audax, foi muito bem organizado, assim como o de 2 de dezembro, o qual consegui completar. Este a minha filha completou e estou muito orgulhoso. E se tiver pernas participarei novamente. Todo o meu apoio. Parabéns. Raul Sanvicente

12 de mar de 2008 11:45:00
Edu disse...

Meu total apoio ao Faccin! Estou copiando essa postagem no blog do audax Rio, estado sem muita tradição em provas Audax para que todos saibam o que é organizar uma prova.
FORÇA FACCIN! É DE LONGE (AQUI DO RIO), MAS É SINCERA!
Edu

12 de mar de 2008 11:57:00
Anônimo disse...

Faccin:
quero de público reconhecer as belas provas que tu e o Kieling têm realizado. Lamento estar só participando desde o ano passado, pois deixei de viver momentos maravilhosos!
Quanto às reclamações de alguns participantes vale o seguinte: só ouve este tipo de reclamação quem faz. Basta se mexer e fazer algo que os murrinhas de plantão aparecem. Quem sabe, faz. Quem não faz, critica. Criei 4 filhos e ouvi muitas críticas, tanto deles como de parentes e amigos. As boas críticas aproveitei e sou grato. As outras foram parar no devido lugar: na fossa...
Solicito encarecidamente que esta dupla audaxiana, que organiza com muita categoria e dedicação, mobilizando equipes muito legais, que curtam os belos eventos que tem realizado e mandem as críticas dos murrinhas para o devido lugar: a fossa!
Ass: Tio Rolf (anônimo porque não quer criar conta no Google...)

12 de mar de 2008 21:15:00
Anônimo disse...

Faccin,

Acho que a culpa é sua!

Incluindo esta prova de Santa Cruz,este é meu 9° Audax. Esta prova ficará marcada na minha lembrança como uma das mais difíceis entre todas.
Sofri muito com o calor, parei no km 135 e voltei de carona para Santa Cruz com o Lúcio e a esposa que estava dando um apoio médico. Infelizmente o Lúcio teve um problema no equipamento que não pode ser reparado na estrada e também abandonou a prova.
Aprendi que o melhor do Audax é o companherismo, amizade , o reencontro com os velhos e novos companheiros de prova. Já vi o Bagatini passr do tempo de uma prova para acompanhar ciclistas que não estavam bem. Este é o espírito do Audax.
Devo a estas pessoas as minhas vitórias, incluindo uma de 600km em 2006.
Fico realmente surpreso pelas críticas que você recebeu.
Na minha modesta opinião e experiência nos Audax, tudo estava perfeito, muito perfeito!

Sei o quanto é difícil organizar um evento como este. Provavelmente quem lhe fez críticas negativas, não considerou o tempo que você deixou de estar com a sua família e toda a sua dedicação em função de todos.
Não concordo que este(s) ciclista(s) deva ser barrado de uma próxima prova. Convide-o para trabalhar na próxima organização e dê uma função para ele. Girar um pedal é fácil, as academias tem muitas bikes, entar no clima do Audax é diferente.
Acho que vc é culpado por não ter providenciado uma chuva suave lá pelas 13 horas, o resto amigo , você conduziu com uma maestria invejáve.
Parabéns e obrigado por tudo.

Benhur/Caxias do Sul

Postar um comentário