domingo, 12 de agosto de 2007

Perfil PBP - Erich Bracke



Erich Brack, 45 anos, médico, nascido em Porto Alegre, após completar a Medicina, e ao realizar a Residência Médica e Mestrado em Ribeirão Preto-SP, sempre acompanhado por sua bicicleta, vulgo "Cafão", minha Monark 10, nas horas de folga, voltar para o sul, fixar-se na cidade de Santa Cruz do Sul.

Com os plantões em hospitais, compromissos no consultório, o sedentarismo e a barriga crescendo e sem nenhuma atividade física regular, a falta de adaptação para a natação e para o tênis, reforçou-se o retorno à bicicleta, retomando o auge com a aquisição de outra bicicleta, para mountain bike.

Adquirida especialmente para acompanhar os passeios do Faccin que havia ocasionalmente encontrado em um dos passeios pela incrível ferrovia do trigo e Viaduto 13, no qual eu, de carro, encontrei os conterrâneos de Santa Cruz do Sul.

Com a MTB, logo vieram as competições de ciclismo, criando-se então a equipe de corridas de aventura (E KI PÉ Neuroclin), que iniciaram-se pitorescamente com um caso neurocirúrgico em um familiar do nosso orientador, dois dias antes da nossa estréia na corrida de aventura de Canela.

Com a E KI PÉ Neuroclin, corremos mais alguns enduros, ecorrida Unisc, a qual tivemos o grande prazer de competir então, já com o filho do orientador, curado e sem sequelas, em menos de um ano após a cirurgia do aneurisma intracraniano. Maravilhas da Neurocirurgia moderna!!

Surgiram algumas dificuldades familiares, perdeu-se o carro de apoio, restou então a opção para o ciclismo de longa distância, na época iniciados pelo nosso grande amigo Marcelo Lucca, grande incentivador e divulgador do AUDAX, quando em 2004 realizamos nossa primeira prova para os incríveis 200 KM a serem pedalados em um dia, exatas 13,5 horas!!!

Nascia também o SANTACICLISMO, seguindo a idéia inicial do BIKE-RS, idealizada pelo grandioso Valim, futuro próximo, organizador do Audax 200, em dezembro 07. Uma idéia virtual, que tornou-se real, expandindo inicialmente as pedaladas da quarta, hoje conhecidas como quatrilha (Giovane Faccin).

Em 2005, já mais corajosos, apesar da perda de um grande companheiro Alexandre Luz, em um ano muito conturbado, conseguí completar a série de até 600 Km, iniciando-se, então, os planejamentos iniciais em participar do Paris Brest Paris, com o estímulo do Bagatini, que participou dos 1200 km da Austrália.

Enfim 2007 chegou, a série de 200 e 300 km de Santa Cruz do Sul, os 400 km de Lajeado e restando os 600 km realizados arduamente no Paraná, onde consegui fazer parte da metade dos ciclistas que concluiu a prova, apesar da última colocação (já nos descontos), sendo perseguido por aquela camionete do amigo Vandré, organizador do evento, nos Km finais!

Nesta, foi inaugurado o alforge para cicloturismo, recentemente manufarturado! Parecia um cavalo mecânico, com a sua forma triangular, adaptada do interior do quadro, mas pedalar todas aquelas subidas, ele não ajudava muito. Aos 500 km surgiram as dores nos tendões......

Enfim, está chegando a hora de terminar as malas, últimos preparativos, e lá vamos nós, tentar mais uma conquista inédita, dos 1200 Km do PBP!

Espero poder contar com a ajuda da torcida de vocês e também dos companheiros de nossa delegação brasileira ao concluir mais este desafio.

Até a volta, quem sabe, com mais algumas memórias do ciclismo a contar.....

3 comentários:

13 de ago de 2007 00:21:00
ninki disse...

Primeiro Parabéns mais uma vez ao Kieling pela dedicação com que vc vem cuidando desse Blog.
Depois estou aqui com uma dorzinha no peito, de não poder estar nos Pcs ou nas estradas da França para poder "cuidar" um pouco de cada um de vcs,mas podem ter certeza que estarei aqui torcendo para que todos terminem a prova!
E voltem para o Brasil com mais uma medalha no peito e principalmente cheios de histórias para contar...

meu krinho e abraço a todos vcs,ninki

13 de ago de 2007 15:50:00
Kieling disse...

Obrigado pelos elogios. A minha função é somente aglutinar todo o material de Audax que encontro "poerdido" na net aqui no Blog. O pessoal que está indo ao PBP deu uma grande credibilidade ao nosso trabalho, escrevendo sobre suas trajetórias ciclísticas e disponibilizando-as para publicação.

Ninki, se tu não podes ser voluntária em Paris, pode ter certeza que Lajeado aguarda ansiosamente o teu auxílio em 2008.

Abraços
Kieling

9 de set de 2007 14:36:00
Anônimo disse...

olah kieling, parabens ao serviço prestado pelo blog. Infelizmente viajanto nem sempre é facil encontrar internet e tempo, ainda mais viajando em grupo. Sabes que tinha um relato de 4 pg, mas ao enviar, acho que perdi a mensagem, ja que nao sou um az no computador. Prometo que em breve, enviarei um novo relato a este magnifico blog.
Parabens!
erich

Postar um comentário