quinta-feira, 31 de maio de 2007

Mais fotos no Inema

O Luiz Faccin mandou todas as fotos tiradas no Mercado Schuster para o Inema, a isso juntei o release da prova que foi mandado para as listas de discussão e Bingo!!! Mais uma cobertura do Audax no Inema e mais uma série de fotos para serem vistas.

Aquele PC parecia aquelas bodegas do interior, era um entra e sai, uma gritaria, vale a pena ver.

quarta-feira, 30 de maio de 2007

Notícias do Audax 400 de Curitiba

Dever ter sido uma prova complicada!!

30 inscritos

28 largaram

16 completaram

Parabéns aos amigos Luiz Maganini Faccin e Luís Roberto Velho Lazary que fizeram o Audax 400 de Lajeado e foram até Curitiba pedalar a prova de lá.

Maiores informações podem ser obtidas no site da prova.

terça-feira, 29 de maio de 2007

Agradecimento

Foi publicado no jornal O Informativo do Vale um agradecimento a todos os parceiros do Audax do Vale em 2007. Pela longa lista de colaboradores dá para se ter uma idéia de que a prova não acontece pela vontade de uns poucos, mas sim pelo envolvimento de toda a comunidade.

Quem quiser acessar a página do jornal com o agradecimento é só clicar aqui, abaixo temos a transcrição da carta publicada.

********************

Agradecimento

Sociedade de Ciclismo Pedalajeado, entidade sem fins lucrativos, voltada ao desenvolvimento da prática do ciclismo no Vale do Taquari, organizadora das etapas do Audax do Vale 200 km e 400 km, faz uso da presente para externar seus mais sinceros agradecimentos a todos aqueles que apoiaram os eventos, e que foram coroados de pleno êxito, pois trouxeram a Lajeado e região quase 200 ciclistas de quatro estados brasileiros.

Citem-se especialmente os apoiadores Unishopping, Univias, União Assistencial, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual, Bebidas Fruki, Grupo Independente, jornal O Informativo do Vale, Padaria Suíça, Casa do Ciclista, Sesc Lajeado, Faccin Bicicletas, Clube Santa Ciclismo, Clube de Ciclismo Vapedal, Prefeitura Municipal de Lajeado, Pixel Midia, Arly Bikes, Clínica do Dr. Wilson Dewes, CTG Sentinela dos Pagos de Candelária, Caloi do Brasil, assim como a todas as pessoas e entidades que de uma ou outra forma colaboraram para o sucesso pleno daqueles eventos.

A todos o nosso muito obrigado.

Carlos Fernando Kieling

Presidente da Sociedade de Ciclismo Pedalajeado

segunda-feira, 28 de maio de 2007

Rigonax

Em 2005 a PRF cancelou um Audax 300 em cima da hora, para não ficar parado o Cláudio Rigoni resolveu marcar um passeio com os amigos. Daí nasceu o Rigonax, que vai para a sua décima segunda edição.

O Rigonax nada mais é que um Audax descomplicado, onde cada um dos participantes dever ser autônomo, já que não há qquer tipo de apoio. É óbvio que ninguém vai te deixar na mão, mas é sempre bom saber os horários dos ônibus!!

Abaixo vai o convite para o Rigonax de domingo, para maiores informações acessem o site do grupo, ou mande um email para o Rigoni (claudiorigoni@rigonax.com.br) ou o Giovane (giovane@rigonax.com.br).

****************************

Dia: 27 de maio de 2007

Largada: 06:00 horas da Faccin Bicicletas em Santa Cruz do Sul.
Percurso: Santa Cruz do Sul, Rio Pardo (RS-403 estrada de terra até Cachoeira do Sul) e retorno pelo Asfalto até Novos Cabrais pela RST287 passando pelos Municípios de Candelária, Vale do Sol, Vera Cruz chegando em Santa Cruz do Sul na Faccin Bicicletas totalizando 170km. Haverá um grupo de Ciclistas iniciantes que percorrerão o percurso pela estrada de terra saindo em Candelária nas proximidades de Rebentona, totalizando 110km.

Nota: Nos primeiros 100 km, não há ponto de parada previsto para adquirir alimentos, cada ciclista deve providenciar os alimentos necessários de acordo com a sua necessidade para este percurso inicial, a partir de Cachoeira do Sul, existem postos de combustíveis e outros pontos onde podem ser adquiridos alimentos ou mesmo fazer refeições completas em restaurantes. Importante, cada ciclista deve ser autosuficiente para as suas necessidades, levando alimentos e/ou dinheiro para adquirir os mesmos.

www.rigonax.com.br

Solicite a Ficha de Inscrição gratuita pelos e-mails:
claudiorigoni@rigonax.com.br
giovane@rigonax.com.br
Obs. para quem já fez sua inscrição na série Rigonax 2007 não necessita nova inscrição.

domingo, 27 de maio de 2007

Tinha que ser o Vlad

Depois de mais de 280 km pedalados, umas 18 horas pedalando, uma noite em claro o Vlad ainda tinha energia para "escalar" a estrutura do Schuster!!

Depois tem gente que pergunta porque nós fazemos seguro!!

Fotos do Águas do Sul

Dessa vez o Ricardo não conseguiu acompanhar toda a prova, mas esteve presente do Quiosque de Encantado em diante, principalmente para acompanhar o Rolf, que é seu padrinho.

Temos boas fotos do trecho final da prova e da chegada.

Audax 400 - Visão de quem organizou a prova

Em pouco mais de um ano conseguimos transformar o Audax de Lajeado numa referência para muita gente. E todos eles, ou pelo menos uma grande maioria, saíram daqui muito satisfeitos com a nossa prova. Primeiramente porque é uma prova mais fácil do que as outras provas de 400 km que ocorreram/ocorrerão esse ano no Brasil, mas tão importante quanto o percurso foi a acolhida que eles tiveram por aqui.

Todos os voluntários, empresas e instituições envolvidas souberam dar o melhor de si para que a prova atingisse tal nível de excelência. É óbvio que problemas ocorreram, o mais grave foi não termos tido o ônibus que serviria de dormitório, mas todos compreenderam que é impossível fazer uma prova de tal envergadura sem nenhum tipo de problema.

Para todos terem uma idéia do tamanho da "encrenca" em que nos metemos, dá para citar alguns números dessa prova.

52 lanches pagos no quiosque de Encantado
59 pratos de massa pagos no Pesque e Pague Panorama em General Câmara
62 cafés com torradas pagos no mercado Schuster
10,5 kg de Club Social comprados
8 kg de bolacha Doce
1,5 kg de café
2 kg de açúcar
600 bananas
200 copos plásticos
60 garrafas de Isotônico
120 barras de cereal
8 bombonas de 20 litros de água
Mais de 40 tarifas de pedágio, só eu paguei 12!!
3 tubos de Biofenac
3 tubos de Cataflan
2 tubos de gelol

Mais de 3000km percorridos de carro no fim de semana: 720 km do meu carro, 400 do carro do Eldo, 400 do carro do Milton, 400 da ambulância, + de 400 do carro da PRE e mais 800km de 2 carros de acompanhantes de ciclistas.

17200 km pedalados, só contando quem terminou a prova.

Mas o que ficou marcado em nós que trabalhamos foi a reação das pessoas. Teve ciclista que deu de presente para um voluntário a camisa conquistada numa prova de 300km como forma de reconhecimento pelo seu trabalho, teve gente que cruzou a linha de chegada chorando, teve gente que prometeu que faria todas as provas de Lajeado de agora em diante....

O trabalho voluntário já começou no ano passado quando o Fabiano reformulou o nosso site e me deu muitas dicas para criar o blog, e desde lá fomos várias vezes a SCS, General Câmara, Candelária para tentar organizar melhor a prova. Mas foi durante a prova que o "bixo" pegou, pois trabalhamos com uma equipe enxuta, tínhamos o número suficiente de pessoas, desde que todos pegassem pesado no batente.

Todo o trabalho foi dividido em 2 equipes. Tínhamos a equipe de voluntários volantes que era composta pelo Eldo e o Valter num carro e num segundo carro estavam a Andréa e o Henrique, a função dessa equipe era atender os PC´s 1, 3, 5 e 8 e isso demandava muito trabalho e rápidos deslocamentos, o Eldo e o Valter ficavam na parte dos controles e a Andréa e o Henrique no suporte a eles, resgate e tudo o que fosse necessário. A segunda equipe era uma equipe fixa, composta pelo pessoal do Santa Ciclismo (Giovane e Milton) com o apoio da Ninki que veio de Poa para isso, a função deles era "tocar" os PC´s 2,4 e 6 que se localizam no Mercado Schuster. Ou sejam, com apenas 2 equipes e 7 pessooas conseguimos que 7 PC´s funcionassem!!! Enquanto isso na estrada eu num carro e o Zappe na viatura da PRE verificávamos como os ciclistas estavam pedalando e a ambulâcia fechava a prova acompanhando os ciclistas que vinham no fim do pelotão. Éramos apenas 11 pessoas!!!

O único PC em aberto foi o PC no Unishopping que acabou sendo aberto por mim e por um grande número de ciclistas que lá marcaram presença (Scheid, Evilton, Fabiano, Cláudio, Eduardo, Régis, Paulo Hoffmeister) e outros que não me lembro agora. Quando o PC de Encantado fechou, resolvi voltar para a estrada para acompanhar quem estava mais atrás na prova.

Depois de todo o sufoco, onde recebi o meu carro da oficina onde ele estava para conserto 20 minutos antes do início da prova, e de tantos outros apertos me questiono se precisaríamos ou não de mais voluntários. Se tivéssemos mais gente durante a noite, certamente o serviço seria menor, mas em contrapartida nós não estaríamos tão próximos dos ciclistas, e essa proximidade traz a cumplicidade entre todos. E nessas horas a cumplicidade é fundamental para que a coisa funcione, vou dar um exemplo: Teve um ciclista que passava estourado em todos os PC´s, tanto é que esteve a ponto de ser limado da prova. Quando ele chegou a Candelária estava muito cansado e necessitava descansar, mas ele ouviu dos voluntários que ele tinha apenas 5 minutos para ir ao banheiro e tomar um café, caso contrário estaria fora da prova. Em vez de ficar brabo ele compreendeu a atitude de quem o "empurrava" para o frio às 4 da manhã, pois eram essas mesmas pessoas que o acompanhavam desde às 14 horas do dia anterior quando a prova começou. Não eram mais 2 voluntários e um ciclista, eram 3 pessoas que buscavam um mesmo objetivo, ou seja, fazer com que ele completasse a prova, e ele completou!! O pessoal que trabalhou deu seu sangue pela prova, todos ficamos acordados das 7 ou 8 da manhã de sábado até à noite de domingo!!

Tivemos ao longo desse ano o auxílio de muitas empresas e instituições que tornaram possíveis esses eventos:
Univias: forneceu uma ambulância UTI, um carro de apoio e nos isentou dos pedágios na prova de 200km
Fruki: forneceu 260 Frukitos e 8 bombonas de 20 litros de água mineral na prova de 200km
Padaria Suíça: Forneceu a preço de custo barras de cereral para as provas de 200 e 400km
Unishopping: Cedeu o espaço para fazermos as largadas e chegadas das 2 provas.
Informativo: Fez quase uma dezena de reportagens sobre as nossas provas.
Rádio Independente: Fez mais de 2 dezenas de referência as nossas provas e durante a prova de 200km fez 2 entrevistas ao vivo.
Faccin Bicicletas: Forneceu apoio mecânico nos PC´s 2, 4 e 6 da prova de 400km.
Casa do Ciclista: Forneceu apoio mecânico nas provas de 200 e 400km junto ao Quiosque de Encantado.
Arly Bikes: Forneceu apoio mecânico no PC de Venâncio AIres na prova de 200km.
SESC: Forneceu a sonorização para o Audax 200.
Prefeitura Municipal de Lajeado: Forneceu o palco, barracas e uma ambulância para a prova de 200km.
União Assistencial: Forneceu uma ambulância a preço abaixo do custo para a prova de 400 km, com motorista e enfermeiro.
Caloi: Forneceu o pórtico de chegada para as 2 provas. Esse empréstimo foi intermediado pelo pessoal da Casa do Ciclista.
Grupo de ciclismo Vapedal: Conseguiu o local e voluntários para o PC2 da prova de 200km.
Grupo de ciclismo Santa Ciclismo: forneceu voluntários para os PC´s 2, 4 e 6 da prova de 400km.
Clínica Dewes: cedeu o espaço para as reuniões de voluntários

Ano que vem esperamos contar com todo esse pessoal de novo.

Fotos da largada

O Jean, parceiro de pedalada, enviou algumas fotos da largada e da chegada. Dá para ter uma noção perfeita do que foi a largada e como o pelotão foi conduzido até o trevo de acesso a RS 130 pela Polícia Rodoviária Estadual.

sexta-feira, 25 de maio de 2007

O Velho

Sempre procuramos não usar o termo velho ou "o mais velho", para não melindrar ninguém optamos por chamar de menos jovem (?) e nunca citar o nome.

Mas isso foi até o Danilo Baldi ser chamado por seus parceiros de "Velho" ou "Véio" e ele dar risada, a risada deve ser porque os mais jovens ficaram bem atrás do "Vecchio" na prova de 400.

Abaixo tem um videozinho dele chegando, eu quiz tirar uma foto mas a máquina estava preparada para filmar. :-(

Nada mal Velho, 59 anos e 400km, com frio e cerração, em 21 horas. E só não foi mais rápido porque não precisava.

Mais fotos - II

A Ninki publicou as fotos do Daniel, agora acho que só estão faltando as fotos do Ricardo Wickert do Águas do Sul.

Fotos do Daniel Parte I e Parte II

Mais fotos

O Udo mandou 18 fotos do Audax 400.

Em breve publicaremos mais de 600 fotos que tem no total mais de 2 GB.

Abaixo foto da Full e do seu piloto o Lúcio. Foto do álbum do Udo.

quinta-feira, 24 de maio de 2007

5.000 acessos no blog

Passou desapercebido o acesso de número 5.000 ao blog!! O que começou como uma brincadeira sem nenhuma pretenção, acabou se transformado numa forma eficiente de comunicação entre nós e vocês, ciclistas de todo o Brasil.

Obrigado por nos prestigiarem com as suas visitas e apesar das notícias de Lajeado estarem se exaurindo em função das nossas provas já terem acontecido, pretendemos mantê-lo no ar, para passar informações sobre as demais provas de Audax do Brasil e sobre o PBP que se realizará no mês de agosto.

quarta-feira, 23 de maio de 2007

Números, números, números....

Este post é dedicado aquele pessoal "tarado" por números, devem ter uns 2 ou 3 no máximo. É uma planilha onde aparecem os tempos de passagem de todos os ciclistas por todos os PC´s com a velocidade média ao lado.

Essa relação está classificada do mais rápido para o mais lento, com os desistentes aparecendo no fim da lista. Não são mostrados os nomes dos atletas, pois eles já receberam uma tabela completa.

Vale ressaltar que o primeiro a chegar teve que esperar que quase todos PC´s fossem abertos, pois pedalou numa velocidade maior do que a prevista na carta de rota.

Clique no quadro para vê-lo num formato legível.

Audax 400 de full!

Quando fizemos a prova em Ijuí vimos um ciclista participando com uma bicicleta com suspensão traseira e dianteira, e se isso não bastasse ele manteve os pneus originais, devia ser uns 2.35, quase o pneu de uma Bizz.

Não sabemos como o cara brevetou os 200 km! E brevetou os 300 em SCS! E veio para Lajeado tentar os 400.

Foi uma prova complicada para o Lúcio, quase sempre no fim do pelotão, correndo o risco de ser retirado da prova a qualquer momento pelo seu estado físico. Mas como ele vem da terra do Mogens não desiste tão fácil, e na parte final da prova arrumou energia não se sabe de onde para chegar com uma relativa tranquilidade, cerca de 45 minutos antes do limite do tempo da prova.

Finalmente as fotos

O pessoal de "Cassias" mandou umas fotos que estão no álbum da prova.

À medida que novas fotos forem sendo enviadas publico-as nesse mesmo endereço.

terça-feira, 22 de maio de 2007

Fotos

Quem tiver feito alguma foto da prova mande um email para audaxlajeado2007@hotmail.com que a disponibilizaremos para todo mundo.

Por enquanto vão 2 fotos feitas pelo Udo, uma delas perto do PC1 e outra no km400 da prova, quando o pessoal ainda tinha de subir a última lomba.

Audax na mídia

Foi publicada hoje no Jornal "O Informativo" uma matéria sobre o Audax 400 .

O Informativo é um dos grandes divulgadores do Audax na região, sempre dando destaque aos nossos eventos. Os nossos agradecimentos à Helena Baségio, ao Rodrigo Angeli e ao Elton Andrade pela cobertura da prova do último fim de semana.

A Andréa aparece identificada na foto menor, na foto maior em primeiro plano o Cristiano Silva da Motta e atrás dele o Ricardo de Araúlo Pereira.

segunda-feira, 21 de maio de 2007

A Cerração

Esse filme mostra a cerração que o pessoal enfrentou durante a prova, ela ocorreu principalmente no fim da madrugada que normalmente já é o período mais frio do dia.

O filme foi feito quando o PC6 já tinha sido fechado, em algumas partes da região de Santa Cruz do Sul o sol já se fazia presente, mas em outros locais ela continuava forte.

O mês de maio aqui no RS se caracteriza por ter variações de temperatura que chegam a mais de 20 graus em 24 horas. Depois dessa madrugada gelada o pessoal enfrentou uma tarde de sol quente.

A força que veio do Cerrado

A minha conversa com o pessoal de Brasília começou sem muitas pretenções, afinal de contas esse ano teriam provas de 400 em SP e Curitiba. Mas a conversa com o Ricardo, a Cíntia e a Andréa foi evoluindo e fui percebendo que o nível de interesse foi crescendo, as dúvidas eram menos genéricos e já estavam pedindo sugestões de hotéis e como chegar em Lajeado.

Um belo dia eles se inscreveram, mesmo assim fiquei meio desconfiado, mas no mesmo dia à noite o Ricardo me ligou, fez mais uma série de perguntas e me disse que as passagens estavam compradas.

Na 6a. feira pelas 18 horas, uma das "gurias" me liga dizendo que estão em frente ao Shopping aqui em Lajeado, fui até lá e os levei até o hotel. Mas antes disso eles, meio apavorados, me disseram que as bicicletas deles não haviam sido embarcadas e que chegariam mais tarde.

No sábado pelo manhã aparecem os 3 na vistoria e o Ricardo me confessa que dormiu mal, pois a bicicletas que deveriam ter chegado às 22 horas só chegaram às 4 da manhã.

Na prova o Ricardo foi na frente e só conversei com ele no PC1, as meninas eu vi no PC1 e jantei com elas no PC3 e depois perdi contato. De vez em quando cruzava com eles no meio daquela cerração que se uniu ao frio no meio da prova.

O Ricardo e a Andréa completaram a prova e a Cíntia abandonou no km 365 devido a uma lesão. Ainda não consegui "engolir" esse abandono tão perto do fim, a única explicação plausível é que eles gostaram tanto da prova que precisavam de uma desculpa para voltar no ano que vem.

Parabéns aos 3 e quem sabe um dia possamos retribuir a visita deles pedalando lá em Brasília.

À esquerda "disfarçada" está a Andréa e ao seu lado a Cíntia. Reparem no nevoeiro ao fundo, isso que essa foto foi tirada perto das 8 da manhã.
Do Ricardo fico devendo a foto.

Crédito da foto: Giovani Faccin

Frio



A temperatura baixou até 5 graus, e se isso não bastasse o nevoeiro fez a sensação térmica ser menor ainda.

Os brevetados

Essa lista foi feita de "cabeça", já que eu ainda não tive tempo de mexer na papelada da prova. Se ela contiver algum erro corrijo à noite.

Adriano Andrade Formiga
Andrea Cunha Malafaia De Figueiredo
Armando Montano Neto
Augusto Hassmann
Carlos Raul Dos Santos Calvete
Claiton Ketzer
Claudio Antonio Manfredini Rigoni
Cristiano Silva Da Motta
Danilo Baldi
Edimar Da Silva
Edson Behenck Alves
Erich Brack
Esther Axelrud Galbinski
Gilmar Roberto Balzan
Glademir Henrique Schmitz
Guaraci Fiorini Fischer Neto
Ian Duncan Stalker
Jeancarlo Luis Theisen
João Inacio Lacerda Wetternick
Lucio Mauro Vidal
Luis Roberto Velho Lazary
Luiz Maganini Faccin
Marcio Leandro Rancan
Marco Aurelio Sperotto
Marcos Roberto Muller De Almeida
Marcos Rogerio Gelain De Sa
Mogens Nielsen
Omar Seadi Torriani
Paulo Almeida
Paulo Carneiro Endres
Paulo Renato Petry
Paulo Roberto Bagatini
Ricardo De Araujo Pereira
Ricardo Jose Fabricio
Robson Roberto Andrade
Rodrigo Da Costa Oliveira
Rogerio Giron Claumann
Rolf Harm Hinrichs
Rubens Pinheiro Gandolfi
Sonia Pessi
Thales Augusto Moreira
Udo Carlos Weissenstein
Vladimir Da Rosa Steques

domingo, 20 de maio de 2007

São e salvos

54 largaram e 43 chegaram.

Temperatura mínima registrada: 7 graus.

Destaque da prova: a cerração, que em alguns pontos impedia a visão a mais de 20 metros e aos poucos encharcou todos os ciclistas.

Nenhum acidente.

Todos os que não desistiram conseguiram chegar dentro do tempo limite.

Mais tarde, ou amanhã sai a relação de todos que venceram a noite, o frio, a cerração e os seus limites.

sábado, 19 de maio de 2007

A insônia e o clima

São 6 da manhã e acredito que já tenha mais gente acordada! A ansiedade de quem organiza só não é maior do que a de quem pedala. Olhei as estatísticas do blog e vi que hoje ele já teve 5 acessos, um deles, mais longo, às 4:30 da manhã. Será que é de algum participante da prova?

Lajeado está com cerração relativamente forte e temperatura de aproximadamente 6 graus, a previsão é que o tempo permaneça bom a a temperatura chegue perto dos 20.

Se tudo der certo colocarei mais um post antes da largada, caso contrário, só deveremos ter acesso novamente à internet amanhã pela manhã. Pode ser que entremos em "edição extraordinária" através de algum conhecido que poste algum comentário para nós.

Era isso.

sexta-feira, 18 de maio de 2007

Só falta as bicicletas

Os 3 brasilienses chegaram!! Vieram de avião até Porto Alegre e lá alugaram uma Kombi!! O único detalhe que a companhia aérea esqueceu as bicicletas deles em Brasília, mas prometeram que até a meia-noite elas estarão aqui.

Daqui a pouco, 19 horas, os voluntários que trabalharão na prova irão se reunir para uma confraternização e para acertar os últimos detalhes.

quinta-feira, 17 de maio de 2007

Carta de rota

Está aí a carta de rota da prova, com os devidos créditos ao Udo que está se especializando nisso. Nessa última versão da carta aparecem também os nossos apoiadores: Herbalife, Faccin Bicicletas, Casa do Ciclista, União Assistencial, Univias e Polícia Rodoviária Estadual.

Lajeado, 10 graus

São quase 22 horas e na volta da pedalada de toda 5a., passei por um termômetro no centro de Lajeado que marcava 10 graus.

Nos baixios perto do rio deveria estar menos de 8. Vai ser frio, mas fica suportável desde que não chova.

quarta-feira, 16 de maio de 2007

Último vídeo - Voltando para lajeado

Esse vídeo mostra o trevo de acesso a Venâncio Aires na volta de SCS para Lajeado, quem pedalou o 300 já fez esse roteiro quando foi até a tenda de Encantado.

Programação da prova

19/05
10:00 - 11:30 Vistoria das bicicletas
12:00 - 12:30 Pré-briefing, será mostrado a quem quiser a carta de rota detalhadamente, altamente recomendado para quem nunca pedalou na região.
12:30 - 13:00 Briefing
14:00 - Largada

20/05
13:00 - Primeira premiação - Ciclistas que completarem a prova até 12:45
15:00 - Segunda premiação - Ciclistas que completarem a prova até 14:45
17:00 - Encerramento da prova e terceira premiação

Local Unishopping Lajeado, junto a lavagem de automóveis.

terça-feira, 15 de maio de 2007

O Pesque e Pague

O Pesque e Pague Panorama já faz parte da história do Audax no RS. Todas as provas de SCS e Porto Alegre passaram por lá. A dona Irma já é conhecida de todos os audaxiosos, pois abre seu estabelecimento comercial a qquer hora que o Audax passe por lá.

Não tem como não enxergar esse PC, é o único estabelecimento comercial num raio de 15 km.

Quarto Audax 400

Rubens Pinheiro Gandolfi, Luiz Maganini Faccin e Edimar da Silva poderão ser os primeiros gaúchos a completarem o 4º Audax de 400 km.

Outros que poderiam atingir essa marca e não estão na lista de inscritos:
Isaac Silveira Ibaldo e Ruben Pereira Terres!

Audax sem chuva, mas com frio!

As previsões para o fim de semana apontam para dias frios e sem chuva, não vai ser um frio de "renguear cusco", mas a madrugada deve ter temperatura perto, ou abaixo, dos 10 graus.

Fontes: br.weather.com
www.climatempo.com.br

segunda-feira, 14 de maio de 2007

Exigência de pilhas reservas

O perfil dos inscritos mostra uma idade média de 38 anos, por isso não acho necessário exigir para essas pessoas que tragam obrigatóriamente pilhas reservas. Afinal de contas quem vai se expor as intempéries e pedalar por mais de 24 horas deve, ou deveria, ter a consciência de saber se o seu farol aguenta as mais de 12 horas que terá de permanecer ligado.

Mesmo que se exigisse, os ciclistas poderiam fazer o que eu já vi muita gente fazer, o mesmo jogo de pilhas seria mostrado por vários ciclistas como sendo o jogo reserva.

Cabe a nós uma tarefa muito mais importante do que verificar pilhas reservas, a organização tem a OBRIGAÇÃO de retirar da prova quem não tem um farol funcionando dentro do que as regras exigem.

Horários de fechamento de Pc´s - A polêmica

Teve gente que já olhou a carta de rota e se "apavorou" com a média até o primeiro PC, 19km/h!!! E a pergunta que o pessoal está fazendo é: Porque isso, se a média geral da prova é 15km/h?

Concordo que estamos forçando um pouco, mas como o pessoal fica muito tempo parado no PC alguém que chega no tempo limite e fica 30 minutos parado, ao sair vai ter sua média em 16,3 km/h!! O que é muito baixo para o km 59 de uma prova tão longa.

Se o PC1 fechar a 15 km/h às 17:57 e quem chegar no limite ficar a mesma meia hora parado lá, a média dele vai cair para 13,3 km/h!! E ele vai ter que fazer 19 km/h para chegar no PC2 no km 96 com média geral 15 km/h, e lá, se ele ficar mais meia hora parado a média dele cai para 14,5 km/h e o inferno recomeça!!!

O pessoal tem que se convencer que tem pedalar bastante e parar pouco, nós colocamos bastante PC´s para dar mais segurança para a prova, mas se não forçarmos a média no início onde o pessoal vai buscar o tempo perdido? Na madrugada com sono? Ou no retorno, tendo que ir até a tenda de Encantado naquele sobe e desce? No fim da prova fica aquele stress porque o pessoal está cansado, "fora da casinha", reclamando do mundo e pedalando de maneira perigosa porque estão atrasados e com sono.

Em 2005 no 600, 8 ciclistas passaram por Lajeado (km300) com 20 horas de prova, ou seja no limite do tempo, ficaram meia hora parados e seguiram. Nenhum deles conseguiu terminar a prova!! Tem que estar um pouco adiantado no início, senão a coisa complica.

Ninguém vai ser limado da prova antes do PC4, onde a média já vai estar bem baixa, quem chegar no fechamento vai estar a 16,4 km/h na média acumulada.

Não se preocupem, que por aqui ninguém é inventor, essa idéia de apressar o pessoal no início da prova veio do Audax que o Bagatini fez na Austrália em 2004.

Audax é fundamentalmente planejamento, então vamos usar a experiência do pessoal da Austrália que já fez vários PBP e organiza provas de 1200km a nosso favor.

Quem for participar da prova, e quiser conversar sobre esse e outros assuntos é só chegar cedo no sábado, pois desde às 10 da manhã vai ter gente no Shopping.

domingo, 13 de maio de 2007

A "esquina" da RS 405

Vale Verde e General Câmara devem ter tido um padrinho político bom a alguns anos atrás, pois aquele asfalto no meio do nada fica um tanto quanto estranho se levarmos em conta que cidades maiores até hoje não possuem ligação asfáltica com outros municípios.

Bom para nós que fazemos Audax, pois temos uma estrada quase deserta para praticarmos o nosso esporte.

A RS 405 que começa praticamente em frente ao Mercado Schuster em Santa Cruz do Sul e passa por Passo do Sobrado e Vale Verde simplesmente tem a sua pavimentação asfáltica interrompida quando cruza a RS 244. É a famosa esquina de Vale Verde, naquele ponto da estrada tem uma placa indicando que tomando-se à direita vai-se à General Câmara e Porto Alegre, esse é o caminho até o PC3 no Pesque e Pague Panorama.

Abaixo tem um vídeo mostrando isso.

Previsão do tempo

As primeiras previsões do tempo indicam tempo encoberto a parcialmente encoberto, com temperaturas entre 12 e 21 graus e SEM chuva.

Um pouco frio, mas nada de absurdo. O pessoal que vem de Brasília é que tem que se agasalhar bem, pois no planalto central é difícil fazer menos de 15 graus.

Fonte: www.br.weather.com

sábado, 12 de maio de 2007

Os inscritos

Adriano Andrade Formiga, Porto Alegre-RS
Andrea Cunha Malafaia de Figueiredo, Brasília-DF
Armando Montano Neto, Porto Alegre-RS
Augusto Hassmann, Imigrante-RS
Carlos Raul dos Santos Calvete, Porto Alegre-RS
Cassiano de Toni, Bento Gonçalves-RS
Cicero dos Reis Vargas, Porto Alegre-RS
Cíntia Faiçal Parenti, Brasília-DF
Claiton Ketzer, Vera Cruz-RS
Claudio Antonio Manfredini Rigoni, Santa Cruz do Sul-RS
Cristiano Silva da Motta, Porto Alegre-RS
Daniel Sulzbacher, Santa Cruz Do Sul-RS
Edimar da Silva, Butiá-RS
Edson Behenck Alves, Canoas-RS
Erich Brack, Santa Cruz Do Sul-RS
Esther Axelrud Galbinski, Porto Alegre-RS
Fernando Thiessen, Capão Da Canoa-RS
Gilmar Roberto Balzan, Caxias Do Sul-RS
Glademir Henrique Schmitz, Ijuí-RS
Guaraci Fiorini Fischer Neto, Estrela-RS
Guilherme Busetti, Bento Gonçalves-RS
Ian Duncan Stalker, Santa Cruz Do Sul-RS
Jeancarlo Luis Theisen, Santa Cruz do Sul-RS
João Inacio Lacerda Wetternick, Porto Alegre-RS
Jorge Eli Teixeira Saldanha, Porto Alegre-RS
Jose Iris Moraes Figueiredo, Porto Alegre-RS
Klaus Rurack, Porto Alegre-RS
Lucio Mauro Vidal, Ijuí-RS
Luis Roberto Velho Lazary, Porto Alegre-RS
Luiz Maganini Faccin, Santa Cruz do Sul-RS
Márcio Leandro Rancan, Caxias do Sul - RS
Marco Aurelio Sperotto, Porto Alegre-RS
Marco Rogerio Borges, Porto Alegre-RS
Marcos Roberto Muller de Almeida, Ijuí-RS
Marcos Rogerio Gelain de Sa, Ijuí-RS
Mogens Nielsen, Ijuí-RS
Omar Seadi Torriani, Estrela-RS
Paulo Almeida, Augusto Pestana-RS
Paulo Carneiro Endres, Porto Alegre-RS
Paulo Renato Petry, Montenegro-RS
Paulo Roberto Bagatini, Lajeado-RS
Ricardo de Araujo Pereira, Brasília-DF
Ricardo Jose Fabricio, Porto Alegre-RS
Robson Roberto Andrade, Ijuí-RS
Rodrigo da Costa Oliveira, Ijuí-RS
Rogerio Giron Claumann, Urussanga-SC
Rolf Harm Hinrichs, São Leopoldo-RS
Rubens Pinheiro Gandolfi, Porto Alegre-RS
Sonia Pessi, Porto Alegre-RS
Thales Augusto Moreira, Montenegro-RS
Udo Carlos Weissenstein, Vera Cruz-RS
Vladimir da Rosa Steques, Viamao-RS

sexta-feira, 11 de maio de 2007

A primeira baixa

Faltando uma semana para a prova já tivemos a primeira baixa. Um dos ciclistas que se inscreveu na 4a. feira e que deveria ter pago o boleto na 5a. não o pagou.

Amanhã pela manhã, sai a lista dos inscritos, pois é quando o banco envia o retorno dos boletos que deveriam ter sido pagos hoje.

Por enquanto são 50 homens e 4 mulheres.

Inscrições encerradas

Exatamente meia-noite e estamos encerrando as inscrições para o Audax 400 de Lajeado.

São 51 homens e 4 mulheres que vem do RS, SC e Brasília, e que tem uma idade média de 38 anos, sendo que apenas 13 deles já pedalaram um Audax 400!!

Amanhã teremos mais algumas estatíticas desse povo "pedalante".

quinta-feira, 10 de maio de 2007

Último dia de inscrições

Encerram-se hoje à noite as inscrições para o Audax 400 de Lajeado, quem tem brevet dos 300 km e ainda não se inscreveu faça-o logo.

Não poderemos prorrogar as inscrições, pois necessitamos saber o número exato de inscritos para providenciar todo o material para a prova.

quarta-feira, 9 de maio de 2007

40 inscritos

A pouco mais de 48 horas do encerramento das inscrições o Audax 400 de Lajeado já registra 40 inscritos. São pessoas de mais 15 municípios do RS, SC e Brasília!!!!

São 38 homens e 2 mulheres que tem idade entre 15 e 57 anos que pedalaram o Audax 300 em Santa Cruz do Sul, Curitiba e Brasília.

terça-feira, 8 de maio de 2007

O nosso Quartel-General

O Mercado Schuster será o quartel-general do Audax 400, pois os ciclistas passarão por lá 3 vezes, aos 96, 184 e 233 km de prova. É lá que ficará estacionado o ônibus, que a critério de cada ciclista, poderá ser utilizado como local de descanso na 2a. e 3a. passagem.

Abaixo um vídeo do Mercado Schuster.

30 inscritos

Faltando 3 dias para o encerramento das inscrições já temos 30 inscritos para a prova, a expectativa é que tenhamos mais de 50 ciclistas presentes em Lajeado no fim de semana dos dias 19 e 20 de maio.

segunda-feira, 7 de maio de 2007

Alimentação no Audax 400

Até o momento já acertamos a alimentação em 3 dos PC´s. No 2o. PC, Mercado Schuster, será oferecido uma torrada (misto quente) e uma taça de café com leite, no 3o. PC, Pesque e Pague Panorama, ofereceremos a cada um dos participantes um prato de massa com opção de molho de carne ou galinha e no 8o. PC, quiosque de Encantado, será oferecido um suco e um sanduíche.

Essa alimentação é um acordo entre a organização da prova e os parceiros, que em troca da cessão do espaço obtém um faturamento mínimo.

Nos outros PC´s teremos água, bananas, biscoitos salgados, café e possivelmente barras de cereal. O que será oferecido em cada PC será definido até o dia 17 de maio, dando a possibilidade de cada um dos ciclistas se organizar. Para definir o que será oferecido dependemos do número de inscritos e da disponibilidade de voluntários para levar/fazer esses produtos.

Nós consideramos a alimentação item de segurança numa prova como essa, um ciclista cansado pode ser um problema, mas um ciclista cansado e mal alimentado é um problema.

domingo, 6 de maio de 2007

Vídeo - Saindo da RS453 e acessando a RS287

Fiz um videozinho muito desfocado da saída da RS453 e entrada na RS287, isso se dará pelo km 37 da prova, nesse ponto todos estarão muito juntos e é impossível se perder. Mas conhecendo a turma que vem pedalar é melhor prevenirmos, o vídeo é mais para demonstrar que com um pouco de atenção não teremos problema durante a prova.

No vídeo eu digo que é só entrar a esquerda, na verdade tem que se fazer o retorno, já que entrar à esquerda é proibido, pois que é contra-mão.

Local para descanso

Nas 2 edições anteriores do Audax 400, quando o percurso era Porto Alegre - Lajeado - Porto Alegre, o pessoal gostou da idéia de descansar um pouco no meio da jornada. Como o Pc de retorno era num ginásio de esportes, isso era fácil de ser implementado, era só disponibilizar uns colchonetes que o pessoal ficava por ali mesmo.

Esse ano não temos ao longo do percurso um local com essas características, por isso disponibilizaremos o ônibus de resgate como local para descanso. Na 2a. passagem pelo Mercado Schsuter, programada para ser entre 21:38 do dia 19 e 1:14 do dia 20 e na 3a. passagem entre 2:43 e 7:59 do dia 20 o ônibus estará aberto para isso.

Na foto o Mercado Schuster, local dos PC´s 2, 4 e 6.

sábado, 5 de maio de 2007

Carta de Rota

O Udo terminou de elaborar a carta de rota do Audax 400. Como era de se esperar ela ficou bem legal e clara o bastante para ninguém se perder.

Faltam os logos dos apoiadores e o logo da nossa prova, mas a princípio é isso mesmo, podemos ter que alterar algo de última hora, mas certamente não será nada significativo.

sexta-feira, 4 de maio de 2007

Audax - mais um pouco de história

Em 2005, na primeira série completa do Audax no RS, 2 ciclistas foram chamados à parte para a premiação. Um deles foi Paulo César Bianchetti de 16 anos, o outro o "seu" Manuel Nunes Lourenço de 67 anos.
O Paulinho, meu conterâneo, deu uma segurada nas pedaladas, pois terminou o colégio e começou a trabalhar, mas nas férias deu uma pedalada básica pela serra e litoral gaúcho.

E quem acha que o seu Manuel largou a bicicleta e foi jogar bocha ou pescar se enganou feio, ele completou o Audax 300 de Curitiba a 2 semanas atrás e vem muito mais pela frente.

Mas o Audax continua a descobrir jovens e nem tão jovens talentos. Em 2006 o Marcos Mazzola Lazzarotto de Bento Gonçalves fez a série completa com 15 anos e 8 meses e no Audax de Curitiba tinha um senhor de 70 anos, bem mais velho do que o seu Manuel que só tem 69.

À esquerda na foto o Marcos no seu primeiro Audax - Lajeado 200/2006

Primeiras inscrições

Com as inscrições abertas a pouco mais de 24 horas, cerca de 20 ciclistas já trataram de se garantir no Audax 400 aqui em Lajeado. 6 deles inclusive pagaram ontem mesmo o boleto bancário.

Lembramos que as inscrições encerram-se no dia 10/05 e o pagamento do boleto tem ser feito no dia posterior a sua emissão.

quinta-feira, 3 de maio de 2007

Novo apoiador

Conquistamos mais um importante apoio para o Audax 400. Quem se uniu a nós agora foi a União Assistencial, que por um valor simbólico, fornecerá uma ambulância para resgate, ela além de possuir os equipamentos necessários à uma remoção segura também vem "equipada" com um enfermeiro, além do motorista. Tão importante quanto o equipamento de resgate é quem vai operá-lo.

Desejamos ao motorista da ambulância e ao enfermeiro uma prova tranquila, sem problemas, onde eles passsem o tempo todo sem fazer nada. Que as suas preocupações sejam outras e não os participantes da prova. Que eles tenham para a nossa prova a mesma importância do seguro, ou seja, eles estão lá, mas torcemos desesperadamente que jamais usemos de seus préstimos profissionais.

Inscrições abertas

Estão abertas no nosso site as inscrições para o Audax 400. O período de inscrições vai até o dia 10 e a participação na prova custará R$ 80,00.

Está faltando nos itens obrigatórios o cobertor térmico, isso será corrigido durante o dia.

Maiores informações podem ser obtidas pelo nosso endereço no Msn audaxlajeado2007@hotmail.com.

Enquanto não abrem as inscrições...

Devido a uns problemas técnicos, não conseguimos colocar as inscrições no ar hoje. Para ir entertendo o pessoal, pois tem gente mais nervoso que gato em dia de faxina querendo se inscrever, vai aí um esquema bolado pelo Udo com o roteiro da prova.

quarta-feira, 2 de maio de 2007

Apoiadores Audax

Toda prova é uma briga arrumar alguém que ajude de alguma forma a prova a se viabilizar, menos mal que em 2006 as coisas aconteceram dentro do esperado e nesse ano já tivemos menos dificuldades.

O Audax 400, além dos apoiadores habituais, terá alguns novos apoios. A Faccin Bicicletas que fará o apoio mecânico em Santa Cruz, a Uniciclos que fará o apoio no Pesque e Pague e a Herbalife que fornecerá a todos uma barra de proteína e chá na largada e chegada na prova.

Audax 400 - Do PC2 ao PC3

Saindo do Mercado Schuster é muito fácil chegar ao próximo PC, ele será no Pesque e Pague Panorama distante 44 km do PC2. Para acessar a estrada que leva a esse PC é necessário sair da RS287 e irmos em direção a Passo do Sobrado, essa estrada fica quase que em frente ao Mercado Schuster. É o trecho mais tranqüilo de toda a prova, com muito pouco movimento e percurso predominantemente plano, a única grande subida é na cidade de Vale Verde, é uma subida forte, mas curta. São 1800 metros na ida e 1200 metros na volta.

São 2 rodovias diferentes para chegar lá, mas não tem erro, é só seguir o asfalto.